Tecnologias no 1.º ciclo (acreditado)

  • duração

    6 semanas

  • n.º módulos

    7 módulos

  • horas necessárias

    30 horas

  • acreditação

    Acreditado

  • data de início

    01 de fevereiro

  • valor

    99€

As Competências para o século XXI

O curso Tecnologias no 1.º Ciclo pretende, por um lado, dar a conhecer algumas ferramentas digitais que servem de suporte à aprendizagem, mas mais do que isso, foca-se numa abordagem pedagógica em que o aluno assume um papel mais ativo em todo o processo educativo. Trabalho de Projeto, Aprendizagem Autónoma, Aquisição de Competências para o século XXI são conceitos bastante presentes ao longo de todo o curso e com ele pretende-se que os professores sejam capazes de alterar algumas das suas práticas, inovando estratégias e diversificando ferramentas.

A Escola, mas principalmente os Alunos, necessitam de uma transformação e adequação aos tempos que correm. Este curso será um bom ponto de partida para encarar a educação do século XXI como algo do presente.

Datas disponíveis

  • 01.02.2020

OBJETIVOS

• Conhecer diferentes ferramentas educativas digitais de suporte à aprendizagem.
• Identificar as competências para o século XXI e perceber como elas se cruzam com o processo de aprendizagem.
• Compreender a importância de implementar abordagens mais ativas ao processo educativo.
• Perceber como as mudanças na sociedade e nos alunos obrigam a novas abordagens pedagógicas.
• Conhecer os princípios básicos da Gestão de Projetos e da Aprendizagem por Projetos (PBL).
• Identificar as diferentes fases de um projeto.
• Relacionar as ferramentas digitais com o trabalho de projeto e a gestão da sala de aula e das aprendizagens.

Programa

Módulo 1Apresentação
  • Apresentação do Curso
Módulo 2O Trabalho de Projeto em Contexto de Aprendizagem
  • As Competências para o Século XXI
  • Trabalho de Projeto e História da Aprendizagem
  • Ferramentas Educativas Digitais no Trabalho de Projeto
Módulo 3Comunicação Escola-Família e Gestão da Sala de Aula
  • Professores e Alunos Criativos e Criadores
  • A Escola Virtual e a Sala de Aula Invertida
  • Gestão de Turmas, Alunos e Pais com o Classdojo
  • Partilhar, Comunicar e Aprender na Nuvem
Módulo 4Colaboração e Tomada de Decisões
  • Post-its na Parede ou Murais com o Padlet: o que interessa é choverem ideias!
  • Mapas Mentais para Organizar o Pensamento e as Ideias
  • One Note e Escola Virtual, o Conhecimento em Qualquer Lugar
Módulo 5O Papel da Criatividade no Processo de Aprendizagem
  • Storytelling com o Audacity
  • Vídeos em Stop Motion
  • Aprender Programação com o Code.org, o Scratch e o Kodu
  • Mapas Interativos no Google Maps
Módulo 6A Partilha, a Avaliação e a Gamificação
  • Apresentações com o Sway
  • Escola Virtual: a Aprendizagem na Mão do Aluno
  • Dinamizar a Sala de Aula com o Classflow
  • Arcademics e Kahoot: a Lógica do Jogo na Aprendizagem
Módulo 7Módulo Final
  • Avaliação Final

Destinatários

Professores do 1.º ciclo do ensino básico.

Requisitos de Avaliação

A avaliação centrar-se-á na participação, no trabalho e na evolução dos/as formandos/as. Serão consideradas a participação no fórum, nas sessões assíncronas e síncronas, e a execução das tarefas propostas, incluindo questionários de avaliação e relatório crítico. Será também avaliada a qualidade e a pertinência da participação dos formandos em fóruns sobre os diversos temas.

Os formandos deverão ainda apresentar um relatório final elaborado com base as instruções do formador. A avaliação decorrerá em conformidade com o Regime Jurídico da Formação Contínua, bem como pela Carta Circular CCPFC-3-2007.

Autores e Formadores

Rui Lima
Autor
Rui Lima
Professor e Diretor Pedagógico no Colégio Monte Flor há 18 anos, tem estado envolvido em diversos projetos nacionais e internacionais relacionados com Inovação Pedagógica, Cenários de Aprendizagem, Utilização de Tecnologias na Educação e Trabalho Colaborativo. Colaborou com a Direção-Geral de Educação nos projetos ASPECT, eQNet, Etwinning, Creative Classrooms Lab e Co-Lab, o que lhe valeu a distinção de Microsoft Innovative Educator Expert por vários anos consecutivos.
Em 2011, foi considerado um dos 18 professores mais inovadores do mundo. Entre 2013 e 2015 foi Lead Teacher no projeto CCL, relacionado com a implementação de tablets na aprendizagem. Tem estado também envolvido no Projeto de Iniciação à Programação no 1.º Ciclo. Nos últimos anos, tem participado ativamente em iniciativas relacionadas com Ambientes Educativos Inovadores, Programação no 1.º Ciclo e Gestão de Projetos em contexto de aprendizagem, nomeadamente conferências, workshops e outros eventos focados em parte na Mudança na Educação.
Publicou recentemente a obra "A Escola que temos e a Escola que queremos" e foi coautor do livro "Scratch e Kodu – Iniciação à Programação no Ensino Básico".
Cursos